Rio de Janeiro Rio de Janeiro está em 'estágio de atenção' por causa da chuva

Rio de Janeiro está em 'estágio de atenção' por causa da chuva

Desde terça-feira (22), o Corpo de Bombeiros fez cerca de 150 atendimentos relacionados ao temporal em todo o Estado do RJ

Duque de Caxias também foi afetada por chuva

Duque de Caxias também foi afetada por chuva

Divulgação/Prefeitura

A Prefeitura do Rio de Janeiro informou nesta sexta-feira (25) que está atuando com diversos órgãos para dar respostas ao prejuízos causados pela chuva nesta semana de Natal. Segundo a gestão municipal, a cidade entrou em estágio de atenção, às 18h20.

"O Estágio de Atenção é o terceiro nível em uma escala de cinco e significa que uma ou mais ocorrências já impactam o município, afetando a rotina de parte da população", explicou a prefeitura.

Segundo a prefeitura, nesta sexta-feira, a avenida Niemeyer está interditada, nos dois sentidos, de forma preventiva atendendo aos protocolos de segurança definidos pela Geo-Rio. A rua Jardim Botânico, no trecho entre a rua Pacheco Leão e a praça Santos Dumont, está com interdição total. Os veículos com destino a Gávea devem prosseguir pela rua General Garzon e avenida Borges de Medeiros/rua Mário Ribeiro.

A prefeitura ainda informou que o rio Maracanã transbordou parcialmente e a avenida Maracanã está parcialmente interditada, na altura da Rua Deputado Soares Filho.

Estado

Desde terça-feira (22), o Corpo de Bombeiros fez cerca de 150 atendimentos relacionados ao temporal em todo o Rio de Janeiro.

O monitoramento das condições meteorológicas e dos níveis pluviométricos do território fluminense pela Defesa Civil também continua, com o envio de alertas para as regiões, em caso de riscos hidrológicos e geológicos.

As secretarias de Defesa Civil e de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Estado do Rio de Janeiro já entregaram mais de 1.800 itens de ajuda humanitária para moradores das cidades da Baixada Fluminense afetadas pelo temporal  do início desta semana. Em Duque de Caxias, município mais atingido pela forte chuva, foram distribuídos mais de 800 colchões, 400 kits de limpeza e 400 cestas básicas.

Magé recebeu 100 kits de higiene e limpeza e 100 cestas básicas. A ação coordenada dos órgãos estaduais nas cidades atingidas vem sendo realizada desde a última quinta-feira (24), mesmo dia em que o governador em exercício, Claudio Castro, esteve em Caxias para avaliar os estragos e definir as medidas de auxílio junto com a prefeitura.

Claudio Castro anunciou também o fornecimento de 150 cartões Recomeçar para que as famílias de Duque de Caxias possam adquirir novos eletrodomésticos. Os valores variam entre R$ 2 mil  e R$ 5 mil, dependendo de a pessoa ter ficou desalojada ou desabrigada.

Agentes das secretarias auxiliaram a Defesa Civil municipal na montagem de um posto de comando avançado para cadastramento das famílias afetadas.

A Superintendência da Proteção Social Especial e do Grupo de Gestão de Riscos, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, monitora toda a situação para garantir respostas e o atendimento qualificado às  152 famílias vítimas do temporal.

Últimas