Rio: Manifestantes fazem ato em supermercado após morte no RS

De acordo com a Record TV Rio, os manifestantes agem de forma pacífica. Eles compram mercadorias e jogam fora na porta do supermercado

Grupo faz protesto em supermercado na Barra da Tijuca

Grupo faz protesto em supermercado na Barra da Tijuca

Reprodução/ Record TV Rio

Após a morte de João Beto, no Rio Grande do Sul, cerca de cem pessoas fazem um protesto em frente a uma unidade do supermercado Carrefour, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

De acordo com a Record TV Rio, os manifestantes agem de forma pacífica. Eles compram mercadorias e jogam fora na porta do supermercado. 

Nas redes sociais, manifestantes pedem apoio e convocam mais pessoas para o movimento.

João Alberto Silveira Freitas, homem negro de 39 anos, morreu espancado por dois seguranças em um supermercado da mesma rede em Porto Alegre. O laudo oficial aponta como asfixia.

*Sob supervisão de Patrícia Junqueira