Rio de Janeiro Rio: milicianos do "Bando do Zinho" são presos na Gardênia Azul

Rio: milicianos do "Bando do Zinho" são presos na Gardênia Azul

Prisão ocorreu horas depois da captura do braço direito de Zinho. Dupla comandaria ataques a comunidades de Jacarepaguá

Material foi achado junto com milicianos na zona oeste

Material foi achado junto com milicianos na zona oeste

Reprodução/PCERJ

A Polícia Civil prendeu dois milicianos do 'Bonde do Zinho', irmão de Ecko, na comunidade da Gardênia Azul, zona oeste do Rio, nesta segunda-feira (3). A prisão ocorreu horas após a força-tarefa capturar o braço-direito do líder, em Seropédica

Segundo os agentes do DGPE (Departamento-Geral de Polícia Especializada), a dupla foi detida durante uma reunião de planejamento de ataques a grupos rivais em comunidades de Jacarepaguá.

Conhecidos como "Cabeça" e "Recruta", os bandidos tinham porretes, roupas e mochilas camufladas, além de uma pistola e um colete balístico com inscrições que fazem referência à milícia. Ambos são apontados por envolvimento no tráfico de drogas de comunidades: o primeiro na Caixa D'água, em Quintino, e o segundo no Complexo do Chapadão.

Policiais da Desarme (Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos), DRE (Delegacia de Repressão a Entorpecentes) e da DRACO (Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais) também participaram da ação. 

Últimas