Rio de Janeiro Rio monta bloqueios para evitar entrada de ônibus fretados

Rio monta bloqueios para evitar entrada de ônibus fretados

Metrô vai interromper o funcionamento às 20h de sexta-feira (31) e só voltará as atividades às 7h de sábado (1º)

  • Rio de Janeiro | Da Agência Brasil

Prefeitura do Rio faz bloqueios para evitar entrada de vans e ônibus fretados na cidade

Prefeitura do Rio faz bloqueios para evitar entrada de vans e ônibus fretados na cidade

Gabriel Monteiro/SECOM

A Prefeitura do Rio de Janeiro montou um esquema com três pontos de bloqueio para impedir a entrada de ônibus e vans fretados na cidade. Os pontos começaram a funcionar nesta quinta-feira (30) e estão localizados no Trevo das Missões, no Trevo das Margaridas e na saída da estrada Rio-Santos. O bloqueio termina na madrugada do dia 1° de janeiro.

A ação conjunta da Seop (Secretaria Municipal de Ordem Pública) e da SMTR (Secretaria Municipal de Transportes) tem apoio da Polícia Militar e do Detro (Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro). A Seop informou que além dos bloqueios está sendo feito o patrulhamento com veículos pela cidade.

Para desestimular a ida de pessoas na sexta-feira (31) à Praia de Copacabana, o esquema de transportes foi modificado e o metrô vai parar de funcionar às 20h e só voltará a operar às 7h do dia 1º. Também não será permitida a circulação de ônibus coletivos no bairro.

Já o trânsito de carros, inclusive os de aplicativo, estará suspenso a partir das 19h desta sexta-feira e só será permitido a moradores e hóspedes ingressar no bairro até as 22h, tanto em veículos próprios como em táxis.

O estacionamento na orla dos bairros de Copacabana e Leme também não será permitido a partir das 18h de hoje. Ao todo, 87 reboques serão empregados contra irregularidades.

PRF

Nesta quinta-feira começou também a Operação Ano-Novo 2022 da PRF (Polícia Rodoviária Federal) no Estado do Rio de Janeiro. Nesse período, o policiamento ostensivo será reforçado em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade. A intenção da PRF é garantir aos usuários das rodovias federais fluminenses mais segurança e fluidez no trânsito.

“Será dada atenção especial às ações de combate à embriaguez ao volante, fiscalização de ultrapassagens em trechos de pista simples e controle do excesso de velocidade. O uso do cinto de segurança, do capacete, dos dispositivos de retenção para crianças e do telefone celular, além da fiscalização específica de motocicletas e das condições de conservação dos veículos, também está entre os focos das equipes da PRF”, informou a corporação.

De acordo com a PRF, o período do fim de ano tem como característica o aumento do fluxo de veículos, com usuários circulando pelas rodovias federais para diversos destinos, e isso deve se repetir neste ano, embora o feriado do dia 1º tenha caído em um sábado.

Operação Égide

Além da Operação Ano-Novo 2022, a PRF continua com a Operação Égide, que começou em 1º de outubro último e faz parte do planejamento institucional para a repressão ao crime nas rodovias federais. As ações da Égide têm como foco o combate ao roubo de cargas, veículos e coletivos e ao tráfico de drogas e armas nas rodovias federais fluminenses.

Últimas