Rio de Janeiro Rio: Polícia indicia gerente e segurança de mercado por racismo

Rio: Polícia indicia gerente e segurança de mercado por racismo

Segundo a polícia, a vítima foi constrangida quando entrou no mercado pelo segurança da loja, que começou a segui-lo durante sua permanencia no local

  • Rio de Janeiro | Raíza Chaves, do R7*

Hipermercado desligou os funcionários envolvidos no caso

Hipermercado desligou os funcionários envolvidos no caso

Reprodução/Rede Record

A Polícia Civil indiciou nesta sexta-feira (27), o gerente e um segurança por crime de racismo, em um hipermercado em São Gonçalo, na região metropoliana do Rio.

De acordo com a polícia, a vítima foi constrangida quando entrou no mercado pelo segurança da loja, que começou a segui-lo durante sua permanencia no local.

Após pagar as compras, o homem se sentiu constrangido pelo fato e procurou o atendimento ao cliente para reclamar da conduta do segurança. Em seguida, chegou o gerente e disse que não se tratava de racismo, que o segurança apenas caminhava pela loja.

Ao sair do hipermercado, a vítima relatou ter sido chamado de "ladrãozinho" pelo segurança que voltou para procurar o gerente novamente. 

Por fim, ao saber do fato, o gerente regional da loja fez apurações internas e desligou os funcionários envolvidos nas condutas criminosas.

*Sob supervisão de Paulo Guilherme

Últimas