Rio de Janeiro Rio: Polícia resgata jovem mantida em cárcere privado pelo primo

Rio: Polícia resgata jovem mantida em cárcere privado pelo primo

Segundo as investigações, a adolescente fazia trabalhos domésticos de graça e era explorada sexualmente. Duas pessoas foram presas

  • Rio de Janeiro | Ana Beatriz Araújo, do R7*, com Record TV Rio

Resumindo a Notícia

  • Uma jovem de 17 anos era mantida em cárcere privado pelo primo na zona oeste do Rio.
  • Além de realizar trabalhos domésticos, ela era explorada sexualmente.
  • Dois jovens foram presos. O primo e um suspeito conseguiram fugir.
  • Segundo a vítima, o primo cobrava R$ 2 mil para liberar a adolescente.

Uma jovem de 17 anos foi resgatada nesta segunda-feira (28), após ser mantida em cárcere privado pelo primo em um condomínio na Muzema, zona oeste do Rio.

Primo está foragido

Primo está foragido

Reprodução/Record TV Rio

A adolescente morava na Bahia e veio para a cidade com o objetivo de encontrar um emprego. O suspeito havia prometido que conseguiria arrumar um trabalho para ela.

Prefeitura interdita toda orla do Rio para o Réveillon de 2021

No entanto, a jovem trabalhava de graça como empregada doméstica no apartamento do homem. Além disso, era explorada sexualmente.

“Esse caso se assemelha a muitos outros em que é oferecido a mulher uma oportunidade de trabalho, ela vem em busca de um futuro melhor e acaba se deparando com uma situação de violência”, afirmou o porta-voz da PM, major Ivan Blaz, em entrevista à Record TV Rio.

A polícia chegou até o local após denúncias feitas pelos vizinhos ao Conselho Tutelar. Dois jovens que estariam envolvidos no caso de exploração sexual foram presos. O primo e outro homem conseguiram fugir.

Além disso, a adolescente afirmou aos agentes que o primo também praticava estelionato. Segundo ela, o homem chegou a pedir R$ 2 mil para liberá-la.

Os presos vão responder por cárcere privado e abuso e exploração sexual de menores.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas