Rio de Janeiro Rio registra 70 tiroteios durante Carnaval, diz plataforma

Rio registra 70 tiroteios durante Carnaval, diz plataforma

Levantamento feito pelo Fogo Cruzado afirma número marca um aumento de 15% no índice em relação ao mesmo período no ano passado

Tiroteio Carnaval 2019

23 pessoas foram baleadas no Rio durante Carnaval de 2019

23 pessoas foram baleadas no Rio durante Carnaval de 2019

Reprodução/RecordTV

Um levantamento feito pelo laboratório de dados sobre violência armada Fogo Cruzado registrou 70 tiroteios ou disparos de arma de fogo na região Metropolitana do Rio de Janeiro durante o Carnaval de 2019. Foram 23 pessoas baleadas, com 12 mortos e 11 feridos.

Leia também: Fantasia pode definir resultado do Carnaval no Rio

Os 70 tiroteios marcam um aumento de 15% em relação ao mesmo período no ano passado, quando foram registrados 61 tiroteios, com 30 pessoas baleadas, 18 feridos e 12 mortos.

O Fogo Cruzado informou que das 18h do dia 1º de março às 12h desta quarta-feira (6) houve uma média de 12 tiros por dia. Os bairros com o maior número de registros foram Complexo do Alemão (5), Colégio (4) e Bangu (3).

Bala perdida

Neste ano, segundo o Fogo Cruzado, cinco pessoas foram vítimas de bala perdida e quatro morreram. 

A idosa Maria do Carmo, de 63 anos, morreu após ser atingida por um tiro em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, na noite da última sexta-feira (2). Outro caso ocorreu em Marechal Hermes, na zona norte do Rio, quando duas pessoas foram alvejadas e morreram após uma briga entre bate-bolas no domingo (3).

Além destes casos, o Fogo Cruzado também destacou a situação de Maria Vieira de Souza, 54 anos, e o mototaxista Leonidas Anacleto, 22 anos, mortos por bala perdida no Complexo do Alemão, comunidade da zona norte da cidade.

Veja: Duas pessoas morrem baleadas após briga entre foliões na zona norte do Rio

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa