Rio de Janeiro Rio tem protesto com rosas pelos 500 mil mortos por covid-19

Rio tem protesto com rosas pelos 500 mil mortos por covid-19

ONG Rio de Paz em parceria com a ONU 'plantou' 500 rosas vermelhas na praia de Copacabana neste domingo (20)

  • Rio de Janeiro | Do R7, com informações da Agência Estado

Rosas simbolizam as pessoas que morreram em decorrência da covid-19 no Brasil

Rosas simbolizam as pessoas que morreram em decorrência da covid-19 no Brasil

JORGE HELY/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO - 20/06/2021

A ONG Rio de Paz, em parceria com o Departamento de Informação Pública da ONU (Organizações das Nações Unidas), 'plantou' 500 rosas na praia de Copacabana, neste domingo (20), em memória das vítimas do covid-19 no Brasil e em repúdio ao governo federal.

Neste sábado (19), o país ultrapassou a marca de 500 mil pessoas mortas pela doença no país desde o início da pandemia, no ano passado.

Faixa relembra o meio milhão de mortos pela doença

Faixa relembra o meio milhão de mortos pela doença

JORGE HELY/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO - 20/06/2021

Além das rosas na areia, a entidade também colocou faixas lembrando a quantidade de mortos na pandemia e questionou: "Onde erramos?"

Meio milhão de mortos e terceira onda

O Brasil registrou, neste sábado (19), 2.301 mortes por covid-19 e 82.288 novos casos diagnosticados, de acordo com os dados enviados pelos estados ao Ministério da Saúde e ao Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde).  Com isso, o país superou a marca dos 500 mil mortos por covid-19; 17.883.750 pessoas que já foram diagnosticadas com a doença.

O país corre ainda o risco da chegada de uma terceira onda da pandemia ainda este mês por conta da vacinação lenta, descoberta e chegada de novas variantes ao país e alta taxa de transmissibilidade do coronavírus.

Últimas