Rio: tiroteio por disputa de território assusta moradores da zona oeste

Madrugada desta quarta-feira (8) foi marcada por troca de tiros entre traficantes e milicianos em comunidades da Praça Seca 

Imagens mostram suspeitos armados na manhã de quarta (8)

Imagens mostram suspeitos armados na manhã de quarta (8)

Reprodução/Record TV Rio

Uma troca de tiros entre suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas e integrantes de um grupo paramilitar assustou na madrugada desta quarta-feira (8) os moradores da Praça Seca, na zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo informações da Record TV Rio, o confronto foi motivado por uma disputa territorial.

Flávio Bolsonaro presta depoimento em investigação sobre 'rachadinha'

Moradores dos morros do Barão e do Fubá filmaram dezenas de homens armados com fuzis correndo pelas ruas das comunidades. O intenso tiroteio pode ser ouvido de bairros vizinhos, como Tanque e Taquara.

Já nesta manhã, policiais militares do 18º BPM (Jacarepaguá) reforçaram a segurança nas ruas da Praça Seca. Embora o policiamento tenha aumentado na região, o helicóptero da Record TV Rio continuou flagrando homens armados dentro das comunidades.

Não há informações de moradores e suspeitos feridos ou mortos.

Disque-Companhia faz ligações para idosos durante a pandemia

Confrontos na Praça Seca

Nos últimos anos, a Praça Seca foi cenário de dezenas de confrontos entre milicianos e traficantes. A região é disputada intensamente por grupos paramilitares, que atualmente dominam as favelas do bairro. Informações preliminares indicam que o tiroteio desta quarta foi uma tentativa de traficantes de retomar o controle das comunidades.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Ingrid Alfaya