Rio de Janeiro RJ investiga entrada de 15 pessoas em visita íntima em presídio

RJ investiga entrada de 15 pessoas em visita íntima em presídio

Diretor, subdiretor e chefe de segurança de Bangu IV foram exonerados e 9 suspeitos foram levados à segurança máxima

Seap investiga visitas íntimas em Gericinó

Seap investiga visitas íntimas em Gericinó

Tânia Rêgo/Agência Brasil

A Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária) investiga uma denúncia de irregularidades em visitas íntimas no presídio Jonas Lopes (Bangu IV), no Complexo de Gericinó, na zona oeste do Rio de Janeiro.

A pasta informou que o caso começou a ser apurado no dia 4 de janeiro, após o recebimento de informações de que 15 pessoas teriam entrado na penitenciária para a realização de uma visita íntima no dia 23 de dezembro.

De acordo com a Secretaria, nove suspeitos de envolvimento no caso foram transferidos para o presídio de segurança máxima Bangu 1, nesta terça (11). Além disso, o diretor, o subdiretor e o chefe de segurança da unidade foram exonerados.

Em nota, a Seap afirmou que não compactua com qualquer irregularidade no interior das unidades prisionais e que a corregedoria do órgão irá atuar com rigor para identificar e punir os envolvidos.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas