Rio de Janeiro RJ: motorista de aplicativo é encontrada morta dentro de carro

RJ: motorista de aplicativo é encontrada morta dentro de carro

Um homem suspeito de matar e estuprar a vítima foi preso próximo ao carro, no KM 116 da rodovia Washington Luiz, sentido Petrópolis

Motorista de aplicativo é encontrada morta dentro de carro no Rio

Carro foi localizado às margens da rodovia BR-040

Carro foi localizado às margens da rodovia BR-040

Reprodução/RecordTV Rio

Policiais militares encontraram na madrugada desta terça-feira (8) uma mulher morta no banco de trás de um carro, na rodovia Washington Luiz, próximo a Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro. O corpo da vítima, motorista de aplicativo, tinha sinais de violência sexual e marcas de estrangulamento. 

RJ tem 4º caso de feminicídio nos primeiros quatro dias de 2019

Os agentes do 15º BPM (Duque de Caxias) patrulhavam a região quando viram um carro caído às margens da via e imaginaram se tratar de um acidente. Mas, ao se aproximarem do veículo, perceberam que um homem tentava fugir. O suspeito foi preso no local por homicídio qualificado. 

O caso está sendo investigado pela DHBF (Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense).

Segundo o delegado Daniel Rosa, da DHBF, o preso alegou que a relação sexual foi consentida, mas se contradisse em diversas partes do seu depoimento. 

"Ela seria uma amiga dele, ele teria marcado um encontro com ela. A relação teria sido consentida. Quanto à asfixia, ela teria pedido. Ela teria solicitado isso durante o ato sexual, que ela fosse esganada, mas é uma história muito exagerada que não foi confirmada pelas investigações realizadas", disse o delegado Rosa. 

Leia também: sem serviço funerário, família fica com corpo dentro de casa no RJ

A Polícia Civil trabalha com a possibilidade de mais um homem estar envolvido na morte da motorista.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira