RJ: mulher do traficante Nem volta a cumprir pena em regime fechado

Segundo o TJ-RJ, Danubia Rangel foi punida por ter usado telefone celular dentro do Instituto Penal Oscar Stevenson, na zona norte do Rio

Danubia foi presa em outubro de 2017

Danubia foi presa em outubro de 2017

Reprodução/Facebook

A Justiça do Rio determinou que Danubia de Souza Rangel, mulher do traficante Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, volte a cumprir pena em regime fechado.

Veja também: Operação Favorito: 17 pessoas são denunciadas por fraude na saúde

De acordo com a decisão do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro), no dia 2 de junho, Danubia foi punida por ter usado o telefone celular dentro do Instituto Penal Oscar Stevenson, em Benfica, zona norte do Rio, em outubro de 2019.

No aparelho, encontrado na unidade durante uma vistoria de agentes penitenciários, havia uma selfie de Danubia.

A mulher de Nem havia sido presa em outubro de 2017 por crimes ligados ao tráfico de drogas. 

*Sob supervisão de Bruna Oliveira