RJ: padrasto agride enteado e mãe é presa por omissão de socorro

De acordo com polícia, criança de 6 anos precisou ser internada após maus-tratos. Investigadores acreditam que suspeito esteja escondido em Niterói

Mãe será indiciada por tentativa de homicídio

Mãe será indiciada por tentativa de homicídio

Reprodução/Record TV Rio

Uma mãe foi presa na última quinta-feira (7) por omissão de socorro, na comunidade do Caramujo, em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia Civil, ela não teria protegido o filho de 6 anos das agressões do padrasto.

Ladrão de carros é preso a caminho de encontro com namorada

A criança foi internada no último dia 5 de julho no Hospital Estadual Azevedo Lima, no Fonseca, também em Niterói, com lesões provocadas por agressões. Segundo os agentes da 78ª (Fonseca), em depoimento, a mãe do menino demonstrou que não impedia os maus-tratos.

Além do menino de 6 anos, a mãe perdeu a guarda dos outros três filhos, que estavam com a vó materna. De acordo com informações da Record TV Rio, a mãe será indiciada por tentativa de homicídio.

Fiocruz abre procedimento interno sobre prisão de pesquisador

O padrasto da criança continua foragido. Embora os agentes da 78ª saibam que ele está escondido em uma comunidade de Niterói, a Polícia Civil afirma que não é possível capturar o suspeito pela proibição da realização de operações em comunidades durante a pandemia do novo coronavírus.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa