Rio de Janeiro RJ: Petrópolis entra em estágio de crise e aciona sirenes devido a chuvas fortes

RJ: Petrópolis entra em estágio de crise e aciona sirenes devido a chuvas fortes

Pontos de apoio para acolhimento de moradores em área de risco também foram abertos, de acordo com a Defesa Civil

Moradores enfrentam transtornos

Moradores enfrentam transtornos

Reprodução/Record TV

Com o elevado volume de chuvas que afetou a cidade de Petrópolis, na Região Serrana, o município passou a operar em estágio de crise nesta terça-feira (15). A Defesa Civil acionou sirenes em áreas de risco e abriu pontos de apoio para acolher moradores. 

O acumulado pluviométrico chega a 259 mm nas últimas seis horas de chuva — valor acima da média esperada para o mês, que seria de 238,2 mm.

A Defesa Civil informou ter acionado, por volta de 18h30, todas as sirenes da cidade com alerta para mobilização da população. Até o momento, 49 ocorrências com deslizamentos foram registradas.

A população de área de risco está sendo direcionada aos pontos de apoio, que foram abertos para o suporte nas respectivas localidades, de acordo com a Defesa Civil. Todos os agentes foram chamados para dar suporte às ocorrências. 

O 26º Batalhão de Polícia Militar também atua em apoio à operação na cidade, juntamente com a CPTrans (Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes), com o fechamento de todas as vias de acesso ao Centro, que está com diversos pontos com inundações e alagamentos.

 As ruas Bingen, Coronel Veiga, General Rondon, Ipiranga, Mosela, Barão do Rio Branco, Gonçalves Dias e os acessos pelos bairros Alto da Serra, Castelânea e Valparaíso serão fechados.

Últimas