Rio de Janeiro RJ: PM atira em chefe de cozinha durante briga de trânsito em Niterói

RJ: PM atira em chefe de cozinha durante briga de trânsito em Niterói

Policial diz que teve carro fechado e, em seguida, foi atacado por Alan Carlos de Araújo Bertoni, de 34 anos. Família do baleado nega versão do militar

  • Rio de Janeiro | Lucas Ferreira, do R7*, com Record TV Rio

Um policial militar baleou três vezes no último domingo (1º) um chefe de cozinha durante uma briga de trânsito, em Itaipu, Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro. Segundo o PM, ele foi atacado pelo motorista do outro carro, versão que a família da vítima contesta.

Vereador e candidato à reeleição, Zico Bacana é baleado no Rio

Em depoimento, o policial militar, que não teve a identidade revelada, declarou que bateu na traseira do carro de Alan Carlos de Araújo Bertoni, de 34 anos, após ser fechado pelo chefe de cozinha.

Policial (à esq.) segura arma durante discussão

Policial (à esq.) segura arma durante discussão

Reprodução/Record TV Rio

Os dois motoristas pararam os carros em um posto de gasolina e iniciaram a discussão. Segundo o PM, Bertoni teria tentado enforca-lo, porem a família nega a versão dada em depoimento pelo policial.

Em um vídeo enviado à Record TV Rio, é possível ver Alan conversando com o policial, enquanto o militar segura uma arma. As imagens da câmera de segurança do posto serão analisadas pela 76ª DP (Niterói) para entender melhor o caso.

Rio: Idosa é a oitava vítima do incêndio no Hospital de Bonsucesso

Alan foi levado para o Hospital Estadual Azevedo Lima, no Fonseca, também em Niterói, passou por cirurgia e está internado em estado gravíssimo. O chefe de cozinha respira com a ajuda de aparelhos e está sedado.

Em nota, a Polícia Civil informou que a arma do policial militar foi apreendida e passará por perícia.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas