Rio de Janeiro "Sentimento de Raiva", diz entregador agredido por ex-atleta de vôlei na zona sul do Rio

"Sentimento de Raiva", diz entregador agredido por ex-atleta de vôlei na zona sul do Rio

Sandra Mathias Corrêa de Sá aparece em vídeo onde usa guia de cachorro para chicotear homem em São Conrado

Ex-jogadora de vôlei agrediu entregadores em São Conrado

Ex-jogadora de vôlei agrediu entregadores em São Conrado

Record TV

Uma ex-atleta de vôlei foi denunciada pelos crimes de injúria por preconceito e lesão corporal após agredir entregadores de aplicativo em São Conrado, bairro nobre da zona sul do Rio.

Max Angelo foi uma das vítimas da agressão. Em entrevista à Record TV Rio, ele disse que “o sentimento é de raiva, de tristeza”. A agressão foi registrada por um dos entregadores que estavam no local.

De acordo com Max, Sandra Mathias Corrêa de Sá, ela teria reclamado pelos entregadores pararem as motos em cima da calçada, em frente à loja onde retiram os produtos pedidos pelo aplicativo.

“Estávamos sentados na escada, ela passou com cara de nojo. Quando voltou, a menina perguntou porque ela tinha tanta raiva da gente, aí começou a confusão.”

Nas imagens, é possível ver Sandra discutindo com uma entregadora, que pede para e ex-jogadora para parar de apontar o dedo para ela. Em seguida, Sandra dá um tapa na mão da mulher e as duas começam a brigar.

Em outro momento, a nutricionista aparece usando a guia do cachorro como chicote para agredir Max.

O entregador, que está sempre na região, disse que ela sempre passa xingando, e que desta vez ela resolveu agredir.

“Fiz um boletim de ocorrência por injúria racial por causa das ofensas, que ela me chamava de preto favelado, marginal, dizendo que eu não podia estar aqui em São Conrado porque ela paga IPTU.”

Por meio de nota, a 15ª DP informou que aguarda Sandra para prestar depoimento.

A reportagem tenta contato com Sandra Mathias. O espaço está aberto para manifestação.

Últimas