Rio de Janeiro Sérgio Cabral vai cumprir prisão domiciliar em apartamento com vista para o mar de Copacabana

Sérgio Cabral vai cumprir prisão domiciliar em apartamento com vista para o mar de Copacabana

O ex-governador ficará em um imóvel que tem tamanho dez vezes maior que o da cela que ele ocupa no BEP

  • Rio de Janeiro | Do R7, com Record TV Rio

Sérgio Cabral ficará sob monitoramento de tornozeleira eletrônica em prisão domiciliar

Sérgio Cabral ficará sob monitoramento de tornozeleira eletrônica em prisão domiciliar

GIULIANO GOMES/ AGÊNCIA ESTADO / PR PRESS / 19.01.2018

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral vai cumprir prisão domiciliar em um apartamento de 80 m² em Copacabana, na zona sul da capital fluminense, com vista para o mar. O alvará de soltura foi expedido nesta segunda (19), após o STF (Supremo Tribunal Federal) ter revogado a última prisão preventiva que o mantinha atrás das grades.

De acordo com informações da Record TV, o imóvel é dez vez maior do que a cela que Cabral ocupa no BEP (Batalhão Especial Prisional) da PM, em Niterói, na região metropolitana do Rio.

Além de poder passar as festas de fim de ano com os familiares, o ex-governador terá a possibilidade de assistir à tradicional queima de fogos de Copacabana, durante o Réveillon, da sacada do apartamento. 

Segundo a defesa do político, ele está feliz e ansioso para rever a família. Conforme a decisão da Justiça do Paraná, ele pode receber visitas de parentes de até 3º grau, advogados constituídos e profissionais de saúde.

O ex-governador não terá permissão de sair do imóvel, exceto com autorização judicial. Ele ainda será monitorado com tornozeleira eletrônica e deverá pagar pelos custos do equipamento. 

Cabral não foi inocentado, mas ganhou o direito de permanecer em prisão domiciliar, após ter ficado seis anos na cadeia e de ter sido condenado em processos ligados à operação Lava Jato, cujas penas, somadas, ultrapassam 400 anos de prisão.

Últimas