Rio de Janeiro Suspeito de envolvimento em morte de idosa foi apreendido em caso de agressão a turistas no Rio

Suspeito de envolvimento em morte de idosa foi apreendido em caso de agressão a turistas no Rio

Ambos os casos ocorreram na praia de Copacabana, na zona sul

  • Rio de Janeiro | Do R7, com Anabel Reis, da Record TV Rio

Adolescente foi liberado após ser levado para 12ª DP

Adolescente foi liberado após ser levado para 12ª DP

Record TV Rio

O menor suspeito de envolvimento na morte de uma idosa na praia de Copacabana, na zona sul do Rio, já havia sido apreendido no caso de assalto e agressão a duas turistas da Eslováquia, em 2022, na mesma região.

Ele é suspeito de ter puxado o cordão da vítima Alair Barbosa, de 72 anos, que caiu e bateu a cabeça após ter o cordão puxado, quando caminhava no calçadão com amigas, no último dia 16. Ela chegou a ser socorrida e levada ao hospital, mas não resistiu.

Informações obtidas pela Record TV dão conta que o adolescente, de 17 anos, imobilizado por populares e levado para a delegacia, já tinha seis anotações criminais. Ele foi liberado pela polícia por falta de provas. 

A Polícia Civil explicou, por meio de nota, que ouviu o menor e os agentes que atenderam a ocorrência, mas que supostas testemunhas não quiseram comparecer à unidade.

Além disso, informou que os policiais disseram, em depoimento, que duas pessoas que estavam com a vítima afirmaram não ter condições de reconhecer o detido como "real autor".

A polícia informou, por meio de nota, que "não tendo elementos probatórios que justificassem a apreensão do conduzido, ele foi qualificado e liberado". No entanto, declarou que a investigação segue em andamento e busca imagens de câmeras de segurança que possam ajudar a identificar possíveis testemunhas para esclarecer o caso.

Últimas