Suspeito de integrar quadrilha que roubava e vendia celulares é preso

Homem tentava enviar 13 celulares para Belém do Pará, mas quadrilha já era monitorada por policiais de batalhão especializado

Celulares roubados seriam enviados para Belém do Pará

Celulares roubados seriam enviados para Belém do Pará

Divulgação/Polícia Militar

Suspeito de integrar quadrilha que roubava celulares no Rio de Janeiro e os vendia para todo o Brasil foi preso em flagrante no Estácio, região central do Rio de Janeiro, na madrugada desta quarta-feira (20), enquanto tentava enviar 13 celulares para Belém do Pará, na região Norte do país, via Correio.

Leia também: Taxista morto em Bento Ribeiro foi assaltado onze vezes, diz filho

A ação foi realizada por policiais militares do Serviço de Inteligência do Recom (Batalhão de Rondas Especiais e Controle de Multidões), que já monitorava a quadrilha desde quando o mesmo homem foi preso com 80 celulares.

De acordo com PM, os telefones tiveram seus chips retirados para  dificultar a localização e a quadrilha comercializava os aparelhos através de um site de vendas.

Veja também: Estudante da UFF faz vaquinha para custear intercâmbio na Alemanha

*Estagiário do R7, sob supervisão de