Torcedores do Flamengo acusam irmã do jogador Léo Moura de golpe

Quatro torcedores alegam que compraram 30 ingressos para semifinal da Libertadores; caso foi registrado na 12ª DP (Copacabana), zona sul do Rio

Lívia Moura presta esclarecimentos na 12ª DP (Copacabana)

Lívia Moura presta esclarecimentos na 12ª DP (Copacabana)

Reprodução Record TV

Quatro torcedores do Flamengo acusam Lívia Moura, irmã do lateral direito do Grêmio, Léo Moura, de um golpe. Eles prestam depoimentos nesta sexta-feira (25) na 12ª DP (Copacabana) na zona sul do Rio de Janeiro.

Leia mais: Polícia ouve MC Marcelly em investigação de apologia ao tráfico

Segundo os torcedores, eles compraram 30 ingressos por telefone para o jogo da semifinal da Libertadores, disputada entre Flamengo e Grêmio na última quarta-feira (23) no Maracanã, na zona norte. O grupo alega que recebeu um calote por parte de Lívia Moura.

Segundo informações da Record TV Rio, as vítimas, que são de Manaus (AM), gastaram cerca de R$ 25 mil no total, sendo R$ 840 por ingresso.

No momento, Lívia Moura também presta esclarecimentos na delegacia. Ela afirmou que foi enganada por algumas pessoas e que vai se pronunciar, assim que o advogado dela chegar ao local.

Outras vítimas que sofreram o mesmo tipo de golpe pela compra de ingressos para a semifinal da Libertadores registraram ocorrências na 14ª DP (Leblon), também na zona sul da cidade.