Rio de Janeiro Tráfego é totalmente liberado na ponte Rio-Niterói após acidente com navio

Tráfego é totalmente liberado na ponte Rio-Niterói após acidente com navio

Segundo a concessionária Ecoponte, avaliação apontou que colisão não causou prejuízos à estrutura

PRF realizou reparos nos guarda-corpos da ponte

PRF realizou reparos nos guarda-corpos da ponte

Ecoponte

O tráfego foi totamente liberado na Ponte Rio-Niterói às 11h desta quinta-feira (15), após a estrutura ter sido atingida por um navio à deriva na baía de Guanabara, na noite de ontem. O trânsito é considerado bom em ambos os sentidos da via nesta manhã. 

As duas últimas faixas bloqueadas foram abertas aos motoristas depois que equipes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) terminaram os reparos em guarda-corpos danificados.

Segundo a concessionária Ecoponte, uma avaliação apontou que o acidente não causou comprometimento à estrutura. 

Desde ontem, técnicos e engenheiros trabalham na superfície e na água na avaliação dos impactos do acidente na ponte. Uma equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) encontrou avarias no guarda-corpo, no trecho do 329 km, onde foram iniciadas obras de reparo.

Navio à deriva colidiu com a ponte Rio-Niterói

Navio à deriva colidiu com a ponte Rio-Niterói

Marinha do Brasil/Divulgação

Na noite de segunda (14), o navio São Luiz teve sua amarra partida e foi arrastado pelo vento até colidir com a ponte Rio-Niterói. Por segurança, a via foi totalmente fechada em todos os sentidos por cerca de três horas.

A Marinha abriu uma investigação para apurar o caso, segundo informações da Record TV Rio. A embarcação estava ancorada na baía de Guanabara desde 2016 e, após o acidente, foi rebocado até as imediações do píer Mauá.

Vídeos gravados por motoristas, que circulam nas redes sociais, registraram o momento da colisão. É possível ver a parte de cima do navio colidir com a estrutura lateral da pista, provocando um forte impacto. A imagem chega a tremer, desestabilizando a gravação.

Últimas