Rio de Janeiro Traficante da Ilha do Governador, no Rio, é preso na Paraíba

Traficante da Ilha do Governador, no Rio, é preso na Paraíba

Homem é acusado de tentar matar policiais em operação no Dendê, em 2020. Ele foi capturado em ônibus clandestino 

  • Rio de Janeiro | Rafaela Oliveira, do R7*, com Record TV Rio

Traficante do Rio é capturado na PB

Traficante do Rio é capturado na PB

Reprodução/Record TV Rio

Um dos líderes do tráfico de drogas da Ilha do Governador, zona norte do Rio, foi preso na cidade de Queimados, na Paraíba, nesta quarta-feira (14). Contra ele, já havia dois mandados de prisão em aberto depois de ter sido acusado de tentar matar policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis, durante uma operação na comunidade do Dendê, no ano passado.

Segundo monitoramento da Dairj (Delegacia do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro), Thiago Tourinho Isaías, 35 anos, saiu do estado do Rio em um ônibus clandestino na última segunda-feira, com destino a João Pessoa. O criminoso foi surpreendido por agentes da Draco (Delegacia de Repressão ao Crime Organizado), em Queimados.

A captura teve apoio da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar.

"A informação é de que esse foragido teria vindo para se estabelecer na Paraíba, onde passaria a cometer crimes aqui e nos estados vizinhos. Estamos investigando quem iria dar abrigo a essa pessoa aqui no nosso estado", informou o delegado Diego Beltrão, da Draco, por meio de nota.

A incursão policial de 2020 visava capturar o traficante Mario Henrique Paranhos de Oliveira, o "Neves" ou "Dançarino", chefe do Dendê, de quem Thiago é apontado como homem de confiança.

Com o preso, foram achados bonés com referência ao líder: “Parabéns, dançarino”

Com o preso, foram achados bonés com referência ao líder: “Parabéns, dançarino”

Reprodução/Record TV Rio

De acordo com levantamentos feitos pela Inteligência da Polícia Civil paraibana, o homem preso é membro de uma facção criminosa no Rio e lidera o tráfico de drogas na região de Bancários, na Ilha do Governador. 

Segundo a polícia paraibana, o foragido será encaminhado a uma unidade prisional, até seja escoltadp para o Rio de Janeiro.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas