Rio de Janeiro Turista chileno morre e outro é internado após serem encontrados gravemente feridos no Rio

Turista chileno morre e outro é internado após serem encontrados gravemente feridos no Rio

Os dois foram encontrados pelo Corpo de Bombeiros no mirante do Rato Molhado, em Santa Teresa, depois de um passeio na Lapa

  • Rio de Janeiro | Do R7, com Record TV Rio

Ronald não resistiu aos ferimentos

Ronald não resistiu aos ferimentos

Record TV Rio

Um turista chileno morreu e outro segue internado após terem sido encontrados gravemente feridos no mirante do Rato Molhado, em Santa Teresa, região central do Rio de Janeiro, no último domingo (14). 

De férias na cidade, os dois amigos, que estavam hospedados em Copacabana, na zona sul, decidiram fazer um passeio na Lapa, bairro boêmio na região central. 

No retorno ao hotel, eles solicitaram um carro de aplicativo, mas não chegaram ao destino. Até o momento, o que se sabe é que os estrangeiros foram resgatados muito feridos pelo Corpo de Bombeiros.  

Os dois foram levados ao Hospital Municipal Souza Aguiar. Ronald Tejeda, de 29 anos, não resistiu e morreu na última segunda  (15).O amigo dele foi transferido a um hospital particular.

Pelas redes sociais, ele disse que terá uma "longa recuperação no Brasil", mas não deu detalhes sobre o ocorrido. 

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

Segundo informações veiculadas pela imprensa chilena, as vítimas foram drogadas, roubadas e jogadas do mirante. Eles teriam sido empurrados de uma altura de cerca de 5 metros. 

Familiares de Ronald já estão no Brasil. Eles estiveram no IML (Instituto Médico Legal) para tratar dos trâmites para levar o corpo para o Chile. Os parentes não quiseram dar entrevistas. 

A Deat (Delegacia Especial de Apoio ao Turismo) está à frente das investigações do caso.

Últimas