Rio de Janeiro Unidades de saúde atenderam 197 vítimas das chuvas em Petrópolis

Unidades de saúde atenderam 197 vítimas das chuvas em Petrópolis

Ao menos 166 pessoas ficaram internadas, enquanto 31 não resistiram e faleceram, de acordo com a prefeitura 

Vítima de deslizamento em Petrópolis é socorrida

Vítima de deslizamento em Petrópolis é socorrida

Carl de Souza/AFP - 18.02.2022

Ao menos 197 vítimas das chuvas em Petrópolis, na Região Serrana, deram entrada em unidades de saúde públicas e privadas do município até a manhã desta sexta-feira (18). A tragédia deixou 136 pessoas mortas e outras 218 estão desaparecidas.

De acordo com a prefeitura, 166 pacientes ficaram internados. Oito precisaram de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 18 foram submetidas a procedimentos cirúrgicos.

Entre as 197 vítimas, 31 pessoas não resistiram e faleceram. Ainda não há o número de altas hospitalares.

Os atendimentos estão sendo realizados em todas as unidades de pronto atendimento da cidade. Pacientes com politraumas ou de traumatismo craniano, assim como os casos mais graves, estão sendo concentrados no Hospital Santa Teresa, que é referenciado pela Secretaria de Saúde.

As vítimas que sofreram ferimentos leves permanecem nas emergências do Pronto Socorro Leônidas Sampaio, no Alto da Serra, nas Unidades de Pronto Atendimento de Cascatinha e Itaipava.

Já pacientes com fraturas não cirúrgicas foram transferidos para o Hospital Municipal Nelson de Sá Earp. Como suporte, o Hospital Nossa Senhora Aparecida também montou leitos para recebimento de traumas não cirúrgicos.

Últimas