Rio de Janeiro Vítimas de acidente com lanchas em Angra dos Reis são cremadas

Vítimas de acidente com lanchas em Angra dos Reis são cremadas

Mãe, filha e neta estavam na mesma embarcação e morreram após colisão na tarde do último sábado (16); outros 4 ficaram feridos

  • Rio de Janeiro | Da Agência Brasil, com R7 e Record TV Rio

Acidente com duas lanchas deixou quatro mortos em Angra dos Reis

Acidente com duas lanchas deixou quatro mortos em Angra dos Reis

Reprodução

Três das quatro pessoas que morreram em um acidente entre duas lanchas em Angra dos Reis, Costa Verde do Rio, no sábado (16), serão cremadas nesta segunda-feira (18).

Os corpos de Maria Cândida Godim Pinheiro, de 57 anos, da filha, Tatiana Godim Pinheiro, de 43 anos, e da filha de Tatiana, Luiza Pinheiro, de 11 anos, serão cremados no Cemitério Memorial do Carmo, no Caju, região portuária do Rio, às 13h.

Ainda não há informações sobre enterro ou cremação do corpo de Vania Maria A. Edde, de 63 anos, amiga da família que estava na mesma embarcação.

O choque entre as duas lanchas foi violento, deixando as embarcações muito avariadas. Quatro pessoas ficaram feridas: José Carlos Godim Pinheiro, de 67 anos, que sofreu ferimentos leves e foi liberado, sem necessidade de ser medicado em hospital. Ele seria parente das vítimas do acidente.

Para o Hospital do Frade, em Angra dos Reis, foram levados Carlos A.Meireles, de 72 anos, Tomaz Machado, de 29, e Luiz Lobão, de 42 anos. Todos foram medicados e liberados em seguida.

Últimas