São Paulo Alckmin entrega trem SP-Aeroporto de Guarulhos e diz: atraso é mentira

Alckmin entrega trem SP-Aeroporto de Guarulhos e diz: atraso é mentira

Prestes a deixar o cargo para concorrer à Presidência, tucano afirma que licitação ocorreu em 2013. Transporte, porém, não chega até o aeroporto

  • São Paulo | Plínio Aguiar, do R7

Governador Alckmin diz que a licitação da ocorreu somente em 2013

Governador Alckmin diz que a licitação da ocorreu somente em 2013

SUAMY BEYDOUN / Estadão Conteúdo

Com 14 anos de atraso, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), inaugurou neste sábado (31) o trem que liga São Paulo ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, na região metropolitana.

Questionado sobre o longo período até a inauguração das obras, o tucano foi taxativo: “Isso é fake news, é mentira”. Alckmin argumentou que a licitação ocorreu em 2013 e, quatro anos depois, deu-se a primeira entrega. Em 2018, a linha foi entregue como um todo.

A linha 13-Jade da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) comporta três estações: Engenheiro Goulart, Cecap e Aeroporto-Guarulhos. O trajeto é realizado em 15 minutos. Porém, a composição não chega até o aeroporto propriamente — ônibus gratuitos levam o passageiro até os terminais. O secretário de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, argumentou que “o governo não me deixou levar o trem mais longe”.

Por meio de nota, a GRU Airport informa que " a localização da estação foi decidida com base nas necessidades técnicas de funcionamento do aeroporto e mediante alinhamento com a CPTM e o Governo do Estado de São Paulo".

Para desembarcar nos terminais aeroviários é necessário sair da estação Aeroporto-Guarulhos e pegar um coletivo, bancado pela GRU Airport. Os tempos de percurso são de 2 minutos ao Terminal 1, 9 minutos até o Terminal 2 e 14 minutos até o Terminal 3. São, ao todo, seis ônibus com capacidade de até 50 pessoas cada.

A previsão é de que a linha transportará 120 mil passageiros por dia, segundo a CPTM. A obra custou R$ 2,3 bilhões aos cofres públicos.

Atraso

A entrega da linha 13-Jade é uma promessa antiga de Alckmin, agora candidato à Presidência da República.

Em sua primeira gestão, o tucano prometeu entregar o trem que ligaria a capital paulista ao Aeroporto de Guarulhos em 2005. Dois anos depois, na gestão de José Serra (PSDB), a entrega foi mencionada para ocorrer em 2010. No entanto, mudou para a Copa do Mundo de 2014. Novamente, foi adiado.

O governo voltou atrás e prometeu entregá-lo em 2017. Alckmin, então, alterou mais uma vez a data para 2018. E, finalmente, hoje, foi entregue.

A entrega da linha 13-Jade é uma promessa antiga de Geraldo Alckmin

A entrega da linha 13-Jade é uma promessa antiga de Geraldo Alckmin

SUAMY BEYDOUN / Estadão Conteúdo

Palácio dos Bandeirantes

Alckmin deixa o posto de governador de São Paulo no próximo dia 7 de abril para concorrer à Presidência e passa a faixa para o vice Marcio França (PSB).

Questionado sobre sobre como irá comandar o Palácio dos Bandeirantes, França disse que irá dar continuidade à gestão deixada por Alckmin. “Dá pra fazer mais um pouco ainda”, disse.

O futuro governador comentou que seu mandato, no entanto, será diferente do atual, mas também contará com estabilidade fiscal.

Linha 13-Jade

A linha 13-Jade da CPTM terá 12,2 km de extensão. Destes, 8 km serão elevados e passam em cima de rodovias da capital paulista, como Ayrton Senna e Presidente Dutra.

No primeiro mês de funcionamento, o trajeto, de 15 minutos, será realizado feito em operação assistida, das 10h às 15h. No segundo mês, ocorre no mesmo horário, mas estende o atendimento para todos os dias na semana. Não há cobrança, segundo a companhia, durante essa fase.

A partir do terceiro mês, a operação passa a funcionar das 4h à 0h, entre todas as estações. Começará a operar o serviço Connect, que sairá da estação Brás até a estação Aeroporto-Guarulhos. O trajeto terá cerca de 35 minutos e a tarifa de R$ 4 será cobrada.

Já no quarto mês, a previsão da CPTM é que entre em operação o serviço Airport-Express, que levará os usuários da estação Aeroporto-Guarulhos até a estação da Luz. O trajeto também terá cerca de 35 minutos e os trens partirão em quatro horários programados, nos dois sentidos (Aeroporto-Luz 8h, 10h, 12h e 22h e Luz-Aeroporto 9h, 11h, 13h e 21h). A tarifa será diferenciada e o valor ainda está sendo definido.

Últimas