São Paulo Alesp e Defensoria farão mutirão para solução de questões familiares

Alesp e Defensoria farão mutirão para solução de questões familiares

Evento de conciliação será realizado no sábado, na sede da Assembleia Legislativa, em SP, e abordará temas como pensão e guarda

  • São Paulo | André Carvalho, da Agência Record

Em mutirão realizado em 2018, a Defensoria Pública atendeu cerca de 180 pessoas em questões sobre filhos

Em mutirão realizado em 2018, a Defensoria Pública atendeu cerca de 180 pessoas em questões sobre filhos

Reprodução/ Alesp

Questões familiares como divórcio, pensão alimentícia e guarda de filhos poderão ser resolvidas no Mutirão de Conciliação das Famílias — Conversando a Gente se Entende, que será realizado neste sábado (2), às 13h, no Palácio 9 de Julho, sede da Assembleia Legislativa do estado.

Os serviços oferecidos incluem divórcio, reconhecimento e dissolução de união estável, guarda de filhos e pensão alimentícia, entre outros casos. As vagas são limitadas e as inscrições devem ser realizadas previamente até 1º de julho por meio do link.

A ideia do mutirão é oferecer uma alternativa para que as pessoas possam resolver os conflitos de maneira extrajudicial, ou seja, sem precisar entrar com ação na Justiça, desafogando o Judiciário de processos. 

O defensor público do estado, Carlos Isa, explica que, “nas situações em que não houver conciliação, será cogitada a hipótese de judicializar esses casos”. Além do atendimento jurídico, haverá uma oficina sobre direito de família com a Defensoria Pública no Auditório Franco Montoro, da Alesp.

Em mutirão realizado em 2018, a Defensoria Pública atendeu cerca de 180 pessoas em questões sobre filhos.

O Cejusc (Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania), o Instituto de Mediação Imediate, a Abramac (Associação Brasileira de Mediação e Arbitragem e Conciliação) e o Mediativa (Instituto de Mediação Transformativa) também participaram do mutirão.

Últimas