São Paulo Após ataque de fúria, mulher agride pais idosos e é internada em SP

Após ataque de fúria, mulher agride pais idosos e é internada em SP

Vítimas foram encaminhadas a pronto socorro na zona leste. Mãe, de 73 anos, é liberada, mas pai, 72, continua internado

  • São Paulo | Letícia Dauer, da Agência Record

A Polícia Civil pediu, nesta quarta-feira (3), a prisão de Erika Keila Zerilli, de 34 anos, acusada de agredir os pais, Nicolau Zerilli, de 72 anos, e Marilza Zerilli, de 73, após um ataque de fúria, na zona leste de São Paulo.

As vítimas foram agredidas com socos e chutes e apanharam com uma barra de ferro. A violência ocorreu na noite em que o pai comemorava o aniversário. Érika, que morava com os pais e o filho, de 8 anos, quebrou televisores, computador e chegou até a arrancar o lustre da sala.

Filha, após ataque de fúria, agride os pais com socos e chutes

Filha, após ataque de fúria, agride os pais com socos e chutes

Divulgação/ Cidade Alerta 3.11.2021

Após o episódio da sexta-feira (29), a Polícia Militar foi acionada e, com dificuldade, conseguiu controlar a mulher, encaminhada à ala psiquiátrica do Hospital Jardim Iva, onde permanece internada. Segundo a neta das vítimas, Jenifer, Erika chegou a ameaçar os pais de morte.

Os idosos foram encaminhados ao pronto socorro do Hospital Municipal Doutor Benedicto Montenegro, na zona leste de São Paulo. Marilza foi liberada, mas Nicolau segue internado. Ele havia saído do hospital fazia dois dias, devido a um tratamento de hemodiálise.

A filha está internada no Hospital Municipal Dr. Benedicto Montenegro, conhecido como Hospital do Jardim Iva. Hoje, a delegada responsável pelo caso saiu em diligência e foi até a unidade hospitalar.

O caso foi registrado no 49° DP, de São Mateus, e é investigado pelo 41° DP, da Vila Rica.

Últimas