São Paulo Após quase duas horas de paralisação, trens da Linha 15-Prata do Metrô de SP voltam a circular

Após quase duas horas de paralisação, trens da Linha 15-Prata do Metrô de SP voltam a circular

Passageiros ficam indignados com os problemas constantes. Ônibus atenderam usuários, mas houve superlotação

  • São Paulo | Isabelle Gandolphi, da Agência Record

Falhas constantes no Metrô irritam passageiros

Falhas constantes no Metrô irritam passageiros

Reprodução/Record TV - 07.02.2023

Após quase duas horas de paralisação devido a uma nova falha, os trens da Linha 15-Prata do Metrô de São Paulo voltaram a funcionar e as estações foram reabertas, por volta das 7h10 desta terça-feira (7).

De acordo com o Metrô, às 4h50 os trens operavam com velocidade reduzida. Porém, por volta das 5h50, a linha precisou ser totalmente paralisada e as estações, fechadas para que o problema fosse solucionado.

Após a resolução da instabilidade no sistema de circulação dos trens, a linha voltou a funcionar. No entanto, durante esse período, muitos passageiros foram prejudicados e comentaram a insastifação nas redes sociais.

O Metrô chegou a solicitar à SPTrans 40 ônibus articulados para que os passageiros fossem atendidos de forma gratuita, por meio do sistema Paese. Mesmo assim, os usuários relataram atrasos na chegada dos coletivos, além de superlotação.

Agora, apesar de ter voltado a circulação dos trens, há limite no número de catracas, e as escadas rolantes estão desligadas. Ainda de acordo com o Metrô, o motivo é conter o fluxo de passageiros, enquanto os trens voltam a circular.

Alguns passageiros também se queixaram de estarem sendo obrigados a pagar novamente pela passagem, uma vez que já estavam nas plataformas quando o problema teve início e as estações foram esvaziadas.

Mas o Metrô reforça que isso não deve acontecer. Os usuários que já pagaram os bilhetes têm o direito de voltar à plataforma, já que não conseguiram embarcar nos ônibus.

Após a reabertura das estações, 30 coletivos do Sistema Paese continuarão atendendo aos passageiros durante o horário de pico. A retomada dos trens está sendo gradativa.

Últimas