São Paulo Após trocar folga, PM é baleado e morre durante serviço em SP

Após trocar folga, PM é baleado e morre durante serviço em SP

Juliano Ritter levou um tiro na nuca perto de uma base comunitária em São Vicente, no litoral de São Paulo, e não resistiu

  • São Paulo | Do R7, com informações do Cidade Alerta, da Record TV

O policial Juliano Ritter

O policial Juliano Ritter

Reprodução/Record TV

O policial militar Juliano Ritter, de 31 anos, foi morto com um tiro na nuca em São Vicente, no litoral de São Paulo, no domingo (28). O soldado foi baleado enquanto conversava com um ambulante perto de uma base comunitária próxima à favela conhecida como México 70.

Ritter queria visitar a família que mora no Sul. Por isso, trocou o dia de folga e foi trabalhar. Era dia e havia muita gente no local.

Juliano chegou a ser socorrido, passou por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos. A policial que estava com ele tentou atirar no criminoso, que fugiu.

Juliano estava na corporação havia sete anos. Nesta segunda (29), a polícia faz operação na comunidade em busca do criminoso.

Últimas