São Paulo Assalto a joalherias em shopping de Campinas (SP) tem tiros de metralhadoras e assusta clientes

Assalto a joalherias em shopping de Campinas (SP) tem tiros de metralhadoras e assusta clientes

Funcionários foram rendidos na ação. Dois suspeitos foram presos e um morreu. Dois seguranças ficaram feridos

  • São Paulo | Isabelle Gandolphi, da Agência Record

Resumindo a Notícia

  • Grupo invadiu local duas horas antes do fechamento e levou itens de valor em sacos plásticos
  • Ação durou cerca de quarenta minutos; houve troca de tiros e tumulto na fuga
  • Dois seguranças foram baleados, um na perna e outro no braço
  • Polícia suspeita que quadrilha seja da capital paulista e trabalha para prender o restante
Policiais entram em shopping após assalto a duas joalherias em Campinas

Policiais entram em shopping após assalto a duas joalherias em Campinas

Reprodução

Duas joalherias foram alvo de pelo menos dez criminosos no Parque Dom Pedro Shopping, em Campinas, no interior de São Paulo, na noite deste sábado (25). Dois suspeitos foram presos e um morreu. Dois seguranças ficaram feridos.

O crime ocorreu por volta das 20h15 na avenida Guilherme Campos, no Jardim Santa Genebra. Segundo relatos de testemunhas, a ação durou aproximadamente quarenta minutos.

Cerca de duas horas antes de se encerrar o funcionamento do shopping, o grupo atacou as joalherias quase que ao mesmo tempo. Os alvos foram a Vivara e a Monte Carlo.

Câmeras de segurança das lojas flagraram a ação dos criminosos. Armados com metralhadoras, eles ameaçavam os funcionários e os obrigavam a colocar os objetos de valor em sacos plásticos.

No momento da fuga, houve troca de tiros, tumulto e confusão. Não apenas os funcionários, mas também os clientes ficaram nervosos. Pessoas procuraram refúgio no interior das lojas, que abaixaram as portas na hora do confronto.

Durante o tiroteio, dois seguranças foram baleados, um na perna e outro no braço. Ambos foram socorridos pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel) e não correm risco de morte. No estacionamento do shopping também houve disparos.

Na fuga, o grupo se dividiu, fugindo para cidades vizinhas de Campinas, no sentido Sumaré. Em Paulínia, um homem de 39 anos foi preso. Segundo a GCM (Guarda Civil Municipal), ele participou do ataque, rendeu uma vítima e a obrigou a deixá-lo em outro município.

Em Atibaia, também a poucos quilômetros de distância, outros dois criminosos foram encontrados. Um foi preso, e o outro, ferido durante o confronto, não resistiu e morreu na santa casa da cidade.

Segundo informações da Record TV, a polícia suspeita que a quadrilha seja da capital paulista e trabalha para identificar e prender os demais participantes.

Até o momento, não há informações do prejuízo sofrido pelas joalherias. O caso foi registrado no 1° Distrito Policial de Campinas, que vai continuar as investigações.

Em nota, o Parque Dom Pedro Shopping informou que "os envolvidos fugiram após assalto e nenhum cliente ficou ferido. O shopping colabora com as investigações e reabrirá neste domingo (26) normalmente".

Últimas