São Paulo Bolsa do Povo: Alesp aprova projeto que unifica benefícios no estado

Bolsa do Povo: Alesp aprova projeto que unifica benefícios no estado

Segundo líder do governo, estimativa beneficiar até 500 mil pessoas diretamente com desembolsos de até R$ 500 por mês

  • São Paulo | Do R7

Sessão na Assembleia Legislativa de SP

Sessão na Assembleia Legislativa de SP

Reprodução/Alesp

A Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) aprovou o projeto de lei que cria o programa Bolsa do Povo, e enviou para sanção ou veto do governador João Doria (PSDB), que tem 15 dias para tomar a decisão.

A Bolsa do Povo pretende unificar os auxílos da Bolsa Trabalho (Auxílio-Desemprego), Renda Cidadã, Bolsa-Auxílio Via Rápida, Ação Jovem, Bolsa Talento Esportivo e Aluguel Social, e beneficiar cerca de 500 mil pessoas com desembolsos de até R$ 500 por mês.

O líder do governo na Assembleia, deputado Vinícius Camarinha (PSB), disse que o projeto vai beneficiar até 500 mil pessoas diretamente e 2,5 milhões de cidadãos indiretamente. Outros órgãos ou entidades, como prefeituras, poderão complementar esses recursos.

Segundo a Alesp, "o programa oferecerá ainda oportunidade de trabalho e cursos de qualificação profissional. Cerca de 20 mil pais de alunos devem ser contratados para ajudar no cumprimento de protocolos contra a covid-19 nas escolas em troca de renda".

Últimas