São Paulo Bombeiros confirmam 3 mortos em caverna que desabou em SP

Bombeiros confirmam 3 mortos em caverna que desabou em SP

Grupo de civis fazia treinamento na Gruta Duas Bocas, em Altinópolis, quando o teto desmoronou; 6 estão desaparecidos

  • São Paulo | Do R7

A Gruta Duas Bocas possui 28 metros de altura e cerca de 350 metros de galerias

A Gruta Duas Bocas possui 28 metros de altura e cerca de 350 metros de galerias

Divulgação/Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros confirmou, na tarde deste domingo (31), três mortes após o desmoronamento do teto de uma caverna na cidade de Altinópolis (SP), na região de Ribeirão Preto, a 335 quilômetros de São Paulo.

Segundo a corporação, uma pessoa foi socorrida e encaminhada para o Pronto-Socorro da região, e outras seis ainda estão desaparecidas na chamada Gruta Duas Bocas.

Acidente na madrugada

O desmoronamento aconteceu na madrugada deste domingo (31), durante um treinamento do curso de bombeiro civil. Trabalham na região para a remoção das vítimas ao menos 20 viaturas e uma equipe de 75 bombeiros. Equipes também foram deslocadas da capital paulista para o local.

O porta-voz do Corpo de Bombeiros de São Paulo, Major Palumbo, explicou que a corporação está no local desde o início da madrugada. Ele avalia que o resgate de todas as vítimas ainda vai levar "um bom tempo".

“O local é de difícil acesso e fica a cerca de 1 quilômetro de distância do ponto onde temos que deixar as viaturas do nono grupamento de bombeiros. [...] Esse tipo de ocorrência demora bastante [para ser encerrada], devido à dificuldade de acesso e estratégia para a retirada das vítimas”, afirmou.

A Gruta Duas Bocas possui 28 metros de altura e cerca de 350 metros de galerias. É uma das principais atrações turísticas do nordeste paulista e está situada na estrada vicinal Arlindo Vicentini.

Últimas