São Paulo Câmara de São Paulo devolve R$ 190 milhões à prefeitura

Câmara de São Paulo devolve R$ 190 milhões à prefeitura

Economia para os cofres públicos se deve à revisão de contratos e ao cancelamento de compras pelo Legislativo municipal

  • São Paulo | Do R7

Câmara de São Paulo devolve R$ 190 milhões à prefeitura

Câmara de São Paulo devolve R$ 190 milhões à prefeitura

Reprodução / Afonso Braga / Rede Câmara SP

A Câmara Municipal de São Paulo devolveu aos cofres da cidade cerca de R$ 190 milhões do orçamento. É o maior valor devolvido à prefeitura nos últimos anos.

O presidente da Câmara, vereador Milton Leite (DEM), entregou nesta terça-feira (21) um cheque simbólico ao prefeito Ricardo Nunes (MDB) em reunião com o governador em exercício Rodrigo Garcia (PSDB).

"O momento é de crise econômica, de dificuldades para todos, por isso a Câmara cumpre seu papel ao usar os recursos de forma responsável. São recursos importantes que voltam aos cofres do município para que a prefeitura invista em áreas necessárias", ressaltou Milton Leite.

Segundo a Câmara, o dinheiro devolvido é resultado de medidas de austeridade adotadas pela Casa, como a revisão de contratos e o cancelamento de compras. O total superou a previsão inicial, que era de R$ 135 milhões.

Apenas com o cancelamento de uma licitação na área de TI (tecnologia da informação) foram economizados R$ 8 milhões. Outros R$ 700 mil são decorrentes da redução do contrato de veículos utilizados pelo Legislativo.

"É um recurso que vai para o caixa geral da prefeitura: 25% para educação, 15% para a saúde, para zeladoria, para várias atividades", disse o prefeito.

Em 2017, a devolução foi de R$ 90 milhões; em 2018, de R$ 176,7 milhões; em 2019, de R$ 123,9 milhões; e em 2020 a economia foi de R$ 132 milhões.

Últimas