São Paulo Capital paulista detecta o primeiro caso de subvariante da Ômicron

Capital paulista detecta o primeiro caso de subvariante da Ômicron

Homem de 22 anos que mora em Santo André, na Grande SP, e foi atendido na zona leste da capital teve sintomas leves

  • São Paulo | Do R7

Teste para detecção de Covid-19

Teste para detecção de Covid-19

Myke Sena/MS - 07.01.2022

A cidade de São Paulo teve nesta segunda-feira (7) a confirmação de seu primeiro caso da variante BA.2, uma sublinhagem da Ômicron, nova cepa causadora da Covid-19. O paciente é um homem de 22 anos, residente e trabalhador no município de Santo André, na Grande São Paulo, que procurou atendimento em uma UBS na zona leste do município de SP, segundo a Secretaria Municipal da Saúde. O exame foi coletado em 28 de janeiro.

De acordo com levantamento feito pela Covisa (Coordenadoria de Vigilância em Saúde), o paciente tomou duas doses da vacinação contra Covid-19, em 15 de agosto e 26 de novembro, e ainda não está apto a receber a dose de reforço. Ele relatou ter sentido sintomas leves e com resolução rápida, e disse ainda que cumpriu o isolamento solicitado. 

A sublinhagem BA.2 foi identificada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) em 7 de dezembro e tem cerca de 40 mutações em relação à variante BA.1. Cientistas destacam o alto potencial de infecção pelo vírus, que pode provocar distúrbios respiratórios graves. 

O estado de São Paulo já havia detectado outras duas pessoas infectadas pela doença no território paulista.

Últimas