São Paulo Caso Emilli: polícia encontra arma que teria sido usada para matar jovem

Caso Emilli: polícia encontra arma que teria sido usada para matar jovem

Nesta segunda, polícia deteve ao menos sete suspeitos do crime e encontrou revólver em área de mata perto da casa de um deles

  • São Paulo | Da Agência Record e da Record TV

Emilli, jovem de 18 anos morta em Embu das Artes, e a arma que teria sido usada no crime

Emilli, jovem de 18 anos morta em Embu das Artes, e a arma que teria sido usada no crime

Reprodução/Record TV

A polícia de São Paulo encontrou na noite desta segunda-feira (11) a arma que teria sido usada no assassinato da jovem Emilli Camargo, de 18 anos, durante assalto no domingo (10) em Embu da Artes, na região metropolitana de São Paulo. 

A polícia achou o revólver após deter, ao longo da segunda-feira, sete suspeitos de participação no crime. A arma estava em uma área de mata perto da casa de um deles, no município de Cotia.

Entre os suspeitos detidos está uma garota menor de idade. A polícia ainda procura um possível oitavo participante. 

O grupo teria realizado outros assaltos na área antes do assassinato. Uma chácara e um carro já teriam sido alvo dos suspeitos.

A prisão do grupo ocorreu a partir do uso de um cartão roubado pela menor de idade em uma adega. A dona do local desconfiou da adolescente e acionou a GCM (Guarda Civil Municipal).

Crime

De acordo com a GCM, Emilli, a vítima, estava no carro com a mãe, uma professora, quando elas foram abordadas por quatro criminosos em um carro vermelho.

Ao perceber a aproximação dos suspeitos, que estavam armados, a motorista acelerou e tentou fugir, mas os assaltantes dispararam contra o carro e atingiram a jovem. Nenhum objeto foi roubado das vítimas.

Ainda de acordo com a GCM, testemunhas do crime afirmaram que, após o assalto, os suspeitos fugiram em um Fiat Palio.

A jovem chegou a ser socorrida e levada para o Pronto-Socorro Central de Embu das Artes, mas morreu na unidade médica.

Últimas