São Paulo Caso Rafael Mateus: Justiça começa a ouvir testemunhas 

Caso Rafael Mateus: Justiça começa a ouvir testemunhas 

Garoto de 11 anos foi morto em maio deste ano. Mãe chegou a confessar que enforcou o filho com uma corda de varal por ele ter sido desobediente

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

A Justiça do Rio Grande Sul realizou nesta quinta-feira (1º) a primeira audiência do caso Rafael Mateus, de 11 anos, que teria sido morto pelo própria mãe.

Alexandra e Rafael, morto aos 11 anos

Alexandra e Rafael, morto aos 11 anos

Reprodução/Record TV

Foram ouvidas três testemunhas. O pai do menino por vídeoconferência, o ex-namorado de Alexandra Dougokenski, mãe de Rafael, e uma professora do menino foram intimados a prestar depoimento no fórum de Planalto, no norte gaúcho.

Outras treze pessoas devem ser ouvidas nos dias 9, 15 e 16 de outubro.

Alexandra acompanhou remotamente os depoimentos e deve ser interrogada no dia 22.

Rafael Matheus Winques foi morto em maio deste ano. Na primeira versão sobre a morte, a mãe disse à polícia que teria dado uma dose exagerada de remédio para do filho. Depois, ela confessou ter enforcado Rafael com uma corda de varal, enquanto o menino estava acordado no quarto, por ele ter sido desobediente.

Últimas