São Paulo Cidadania afasta deputado acusado de assediar colega na Alesp

Cidadania afasta deputado acusado de assediar colega na Alesp

Vídeo mostra Fernando Cury se aproximando por trás da deputada Isa Penna e passando a mão na altura do seio e da cintura da parlamentar

  • São Paulo | Do R7

O Cidadania anunciou o afastamento do deputado estadual Fernando Cury de todas as funções exercidas em nome do partido, inclusive na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), na tarde desta sexta-feira (18). 

Leia também: “Me sinto pequena e subjugada, mas fortalecida”, diz deputada assediada

Deputada Isa Penna (PSol) repeliu o deputado Fernando Cury (Cidadania)

Deputada Isa Penna (PSol) repeliu o deputado Fernando Cury (Cidadania)

Reprodução/TV Alesp

O parlamentar é acusado de assediar a deputada estadual Isa Penna (PSol) durante uma sessão de discussão do orçamento estadual. 

Um vídeo gravado por uma câmera da Alesp registrou o momento em que o deputado se aproxima da parlamentar, quando ela em frente à mesa da presidência. Cury posiciona por trás da deputada, e passa a mão na altura de seu seio e da cintura. A parlamentar então, retira a mão do colega. Em seguida, Cury põe a mão no ombro de Penna, que afasta novamente a mão dele.

Em nota, o partido afirma que "ao decidir pelo afastamento, que vai durar até a conclusão do processo no Conselho de Ética do Cidadania, o presidente do partido, Roberto Freire, levou em consideração a gravidade do caso e a celeridade do colegiado. A primeira reunião deve ocorrer já na noite de hoje."

Risco de expulsão

Freire e o presidente do Cidadania-SP, deputado Arnaldo Jardim, representaram contra o parlamentar no conselho do partido pedindo urgência na análise do caso e a indicação das medidas disciplinares cabíveis para deliberação do Diretório Nacional.

“Acrescentamos a evidente urgência na apuração dos fatos, sem prejuízo do contraditório e da ampla defesa, considerando que a acusação refere-se a uma conduta absolutamente incompatível com os princípios defendidos pelo partido”, afirmam Freire e Jardim, na nota divulgada pelo partido.

O regimento interno do Cidadania prevê que, após o recebimento da denúncia, Cury terá prazo de 8 dias para apresentar a defesa. O deputado corre o risco de ser expulso do partido.

Isa Penna

A deputada Isa Penna disse que irá registrar um boletim de ocorrência e entrar com uma representação na Comissão Ética. Durante entrevista coletiva de imprensa, concedida nesta sexta, a deputada disse que o assédio sexual a fez se sentir pequena e subjugada enquanto mulher. 

"Toda mulher que passa por isso e não tem consequências se sente pequena, subjulgada. Eu também tenho já o couro grosso. Não é a primeira vez nem a décima em que eu passo por uma situação parecida com essa. Me sinto tudo isso que qualquer mulher se sente, mas também me sinto muito fortalecida", disse a deputada ao ser perguntada sobre a Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) julgar o caso apenas em fevereiro próximo.

Defesa

Fernando Cury rebateu a acusação. "Não houve de forma alguma tentativa de assédio, de importunação sexual ou de qualquer outra coisa com algum nome semelhante a este. Eu nunca fiz isso na minha vida toda. Se a deputada Isa Penna se sentir ofendida pelo abraço que eu dei, eu peço desculpa por isso", afirmou o deputado durante sessão parlamentar.

Últimas