São Paulo Cidade de SP vai aplicar a quarta dose contra a Covid-19 em público a partir de 45 anos na quarta (22)

Cidade de SP vai aplicar a quarta dose contra a Covid-19 em público a partir de 45 anos na quarta (22)

Vacinação da gripe começa na mesma data na capital paulista. Será usado o imunizante que estiver disponível na unidade de saúde

  • São Paulo | Do R7

Cidade de SP aplicará a quarta dose de vacina contra a Covid-19 em público a partir de 45 anos

Cidade de SP aplicará a quarta dose de vacina contra a Covid-19 em público a partir de 45 anos

Emily Elconin/Reuters

A cidade de São Paulo vai começar a aplicar a quarta dose de vacina contra a Covid-19 em pessoas com 45 anos ou mais a partir desta quarta-feira (22). A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde. A população dessa faixa etária também poderá se vacinar contra a gripe.

Para a pessoa receber a segunda dose adicional, deve ter sido vacinada com a primeira há pelo menos quatro meses. 

Na capital, a ampliação da segunda dose adicional para a população com idade entre 40 e 49 anos, conforme anunciou o Ministério da Saúde, vai ocorrer de forma escalonada. Ao todo, 1.020.863 de pessoas dessa faixa etária estão elegíveis para a quarta dose, das quais cerca de 500 mil têm entre 45 e 49 anos.

Segundo a prefeitura, a cidade tem doses e insumos suficientes para a vacinação dos novos grupos anunciados. 

“A cidade de São Paulo fará a vacinação de forma escalonada, pois há uma grande quantidade de pessoas entre 40 e 49 anos na capital. Assim, garantimos melhor conforto à população, ofertando o reforço a todos os elegíveis”, afirmou o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco.

Vacinação

Para receberem a quinta dose, estão aptas pessoas com alto grau de imunossupressão com 50 anos ou mais e que tenham cumprido pelo menos quatro meses de intervalo da última dose.

Até o momento, foram aplicadas 32.459.295 doses de vacina contra a Covid-19 na capital, sendo 11.806.839 primeiras doses, 11.147.647 segundas, 364.343 doses únicas, 7.489.111 primeiras doses adicionais e 1.651.355 segundas doses adicionais.

Em adolescentes de 12 a 17 anos, foram aplicadas 980.467 primeiras doses, o que representa cobertura vacinal de 116,2%. Também foram aplicadas 884.583 segundas doses, além de 153.220 doses de reforço.

Em crianças de 5 a 11 anos, a cobertura vacinal está em 92% na primeira dose e em 69,1% na segunda.

Últimas