São Paulo Com alteração na definição da OMS, SP tem 405 casos de variante delta

Com alteração na definição da OMS, SP tem 405 casos de variante delta

Prefeitura de São Paulo diz que dados preliminares apontam que o número de casos da variante não apresentou curva de crescimento

  • São Paulo | Do R7

Nova classificação aumenta número de casos de delta em SP

Nova classificação aumenta número de casos de delta em SP

Reprodução/Record TV

A OMS (Organização Mundial da Saúde) mudou a forma de análise da variante delta, acrescentanho sublinhagens na classificação, e com isso a cidade de São Paulo chegou a 405 casos registrados, conforme informações divulgadas pela prefeitura paulistana nesta quarta-feira (25).

De acordo com a Prefeitura de São Paulo, inicialmente os registros indicavam 171 casos positivos da variante no município no dia 17 de agosto. Com a alteração na classificação, outros novos 234 casos foram acrescentados.

Os números são referentes ao período que a variante foi identificada na capital paulista, em julho deste ano, até o a semana passada, que foi a última remessa de resultados. Segundo a prefeitura, entre as amostras em que foi possível identificar a linhagem, 43,50% são da variante delta e 53,58%, da gama.

"Apesar da presença da variante na cidade, dados preliminares apontam que o número de casos não apresentou curva de crescimento", disse a gestão municipal.

A prefeitura informou ainda que a vacinação alcançou 103% do público-alvo, entre maiores de 18 anos, vacinados com a primeira dose ou a dose única das vacinas contra a covid-19, nesta quarta-feira. Outros 49,9% estão com a condição vacinal completa.

Últimas