São Paulo Conselho de Ética da Alesp avalia acusação de assédio no dia 10

Conselho de Ética da Alesp avalia acusação de assédio no dia 10

Fernando Cury tem prazo até segunda-feira (8) para apresentar pré-defesa após ser denunciado pela deputada Isa Penna

Isa Penna repele deputado Fernando Cury

Isa Penna repele deputado Fernando Cury

Reprodução/TV Alesp

O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de São Paulo retoma suas atividades nesta qaurta-feira (3), mas ainda não vai analisar a acusação de assédio sexual contra o deputado Fernando Cury (Cidadania). 

A análise está marcada para o dia 10, na segunda sessão do Conselho. 

Na segunda-feira (1), Cury recebeu uma notificação avisando que possui cinco dias para apresentar sua pré-defesa. O prazo só termina na segunda-feira (8). 

O caso ocorreu no dia 16 de dezembro durante votação em plenário e foi flagrado por câmeras da Alesp. As imagens mostram o momento em que Cury se aproxima por trás, e passa a mão na altura do seio e da cintura da deputada Isa Penna (PSol), que retira a mão dele. Em seguida, Cury põe a mão sobre o ombro da deputada e ela, mais uma vez, afasta a mão do colega. 

Na sessão do dia 10, o Conselho decidirá se aceita ou não a denúncia da deputada. Em caso de aceite, começa um novo prazo de cinco dias úteis para a defesa de Cury. O prazo se encerra no dia 17, quando será designado um relator, que receberá o processo. 

Últimas