São Paulo Corpo de bebê é encontrado e mortos em Barueri (SP) chegam a 4

Corpo de bebê é encontrado e mortos em Barueri (SP) chegam a 4

Bombeiros já haviam encontrado uma mulher e duas crianças. Fogo em empresa química começou na manhã desta quinta-feira

  • São Paulo | Do R7

Incêndio de grandes proporções atinge galpão em Barueri

Incêndio de grandes proporções atinge galpão em Barueri

Reprodução

O Corpo de Bombeiros localizou um bebê carbonizado após um incêndio que atingiu uma empresa de produtos químicos, no Jardim Califórnia, em Barueri, na Região Metropolitana de São Paulo, nesta quinta-feira (26). Uma mulher e outras duas crianças já haviam sido encontradas no local, totalizando-se quatro mortes.

Oito pessoas ficaram feridas durante o incêndio, sendo quatro delas em estado grave. Elas deram entradas nos hospitais da região.

As quatro vítimas fatais são uma mulher adulta e duas crianças, de três e oito anos, que foram encontradas no banheiro de uma casa nos fundos do galpão, além de um bebê que estava desaparecido, em meio aos escombros.

No auge do incêndio, 18 equipes do Corpo de Bombeiros e 57 brigadistas foram deslocadas à ocorrência. O incêndio entrou em fase de rescaldo.

Há pequenos focos de incêndio, espalhados pelos galpões, que ficam na rua das Antilhas, número 571, segundo imagens captadas pelo helicóptero da Record TV.

A prefeitura de Barueri suspendeu as aulas de nove escolas dos bairros Jardim Califórnia e Engenho Novo, sendo elas: Emef Prof. Egídio Costa, Emef João de Almeida Lemos, Emef Prof. Jorge Augusto de Camargo, Complexo Educacional Prof. Carlos Osmarinho de Lima, Emef Agenor Lino de Matos, Emeief Prof. Enéias Raimundo da Silva, Maternal Leonardo Augusto Marcelo dos Santos, EMMEI Lucineia de Oliveira e Maternal Profª. Luzia das Graças Barbosa Pereira.

Um asilo também precisou ser esvaziado por questões de segurança. O Grupo Vida, que fica na rua das Orquídeas, também no Jardim Califórnia, e abriga 43 idosos, realizou a remoção dos idosos para um local mais seguro.

A fumaça preta que tomou conta do céu da região é extremamente tóxica e, se algum cidadão a tiver inalado, a orientação do Corpo de Bombeiros é para procurar a unidade de saúde mais próxima.

Últimas