São Paulo Corte no fornecimento de cliente comercial da Sabesp está suspenso

Corte no fornecimento de cliente comercial da Sabesp está suspenso

Medidas da Companhia de Saneamento Básico de São Paulo valem até o final de março para municípios das fases laranja e vermelha

Sabesp adotou medidas devido ao coronavírus

Sabesp adotou medidas devido ao coronavírus

Pixabay

A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) suspendeu os cortes no abastecimento vai renegociar débitos de clientes comerciais e de serviços em municípios paulistas que estejam nas fases laranja e vermelha do Plano São Paulo, no combate ao coronavírus.

A medida está em vigor desde quarta-feira (3) e vale até o final de março. Cerca de 680 mil estabelecimentos com o consumo de água de até 100m³ mensal serão beneficiados.

Segundo a Sabesp, o objetivo é "minimizar  os  impactos econômicos causados pela pandemia pelo coronavírus". Os estabelecimentos comerciais e de serviços nos municípios das fases laranja e vermelha que fizeram algum acordo com a companhia durante a pandemia, poderão renegociar sem que seja aplicado multa e juros, apenas a correção monetária.

Além dessa renegociação de dívidas, a companhia informou que os estabelecimentos de comércio e serviço dos municípios de fases laranja e vermelha não terão nenhuma acção de negativação por débito até o final de março deste ano. 

Os estabelecimentos que tenham sido negativados durante o período de pandemia também vão ter, segundo a Sabesp, a suspensão da dívida imediatamente depois da repactuação de débitos.

Últimas