São Paulo Covid: capitais voltam a vacinar após Ano-Novo. Veja programação

Covid: capitais voltam a vacinar após Ano-Novo. Veja programação

Em Belo Horizonte, a prefeitura aplica a dose de reforço em trabalhadores do transporte coletivo e da limpeza urbana

  • São Paulo | Do R7

Confira como será a vacinação contra Covid em capitais brasileiras nesta segunda

Confira como será a vacinação contra Covid em capitais brasileiras nesta segunda

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A vacinação contra a Covid-19 no Brasil volta à sua programação normal nesta segunda-feira (3), após interrupções e alterações de calendário entre 31 de dezembro e 2 de janeiro, e as capitais brasileiras imunizam novos grupos e faixas etárias.

Em Belo Horizonte, por exemplo, a prefeitura aplica a dose de reforço em trabalhadores do transporte coletivo e rodoviário de passageiros, metroviários, aeroviários, ferroviários, caminhoneiros, trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos.

Confira como será a vacinação contra a Covid-19 em capitais brasileiras nesta segunda (3):

São Paulo

A cidade de São Paulo volta a oferecer a vacina contra a Covid-19 em todos os seus postos nesta segunda. A prefeitura segue com a imunização de reforço para os que completaram o esquema vacinal, com a primeira e a segunda dose, há pelo menos quatro meses. Continua também na capital a aplicação de uma dose adicional em todas as pessoas que tomaram o imunizante da Janssen há dois meses.

Adolescentes de 12 a 17 anos e adultos que ainda não receberam a primeira dose podem se imunizar. A segunda é destinada aos públicos elegíveis. Veja mais informações no Vacina Sampa.

Rio de Janeiro

A Prefeitura do Rio de Janeiro continua aplicando a dose de reforço nas pessoas a partir de 55 anos, bem como em qualquer adulto que tenha recebido a segunda dose há pelo menos quatro meses e nos imunossuprimidos com 12 anos ou mais cuja vacinação tenha sido concluída há pelo menos 28 dias.

A primeira e a segunda dose também estão disponíveis para adolescentes a partir dos 12 anos.

Belo Horizonte

A Prefeitura de Belo Horizonte aplica a dose de reforço em trabalhadores do transporte coletivo e rodoviário de passageiros, metroviários, aeroviários, ferroviários, caminhoneiros, trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, desde que a data da segunda dose tenha completado quatro meses. Saiba mais no site da prefeitura.

Goiânia

A Prefeitura de Goiânia aplica a primeira dose em adolescentes de 12 a 17 anos, bem como na população acima de 18 anos que ainda não se vacinou. A segunda dose da AstraZeneca e da Pfizer será aplicada naqueles que receberam a primeira há oito semanas (até o dia 8 de novembro), e a da CoronaVac naqueles com data marcada para 3 de janeiro ou em atraso. Quem recebeu a primeira dose da Janssen até 3 de setembro também pode tomar o reforço do mesmo imunizante.

A terceira dose será aplicada nas pessoas a partir de 18 anos que receberam a segunda dose até 3 de setembro e nos imunossuprimidos com 18 anos ou mais que receberam a segunda há pelo menos 28 dias (até 5 de dezembro).

Já a quarta dose é destinada aos imunossuprimidos acima de 18 anos com quatro meses de intervalo da terceira dose (até 3 de setembro). Saiba mais neste link.

Porto Alegre

A prefeitura da capital gaúcha continua aplicando a primeira dose no público a partir dos 12 anos, além de oferecer a segunda dose aos públicos elegíveis. Quem recebeu a CoronaVac até 6 de dezembro já pode ir aos postos, bem como aqueles que tomaram a Pfizer ou a AstraZeneca até 8 de novembro.

A terceira dose será destinada às pessoas acima de 18 anos vacinadas com a segunda dose até 3 de setembro e aos imunossuprimidos com esquema vacinal completo até 6 de dezembro.
Quem recebeu a Janssen até 30 de outubro também já pode tomar o reforço.

João Pessoa

A cidade de João Pessoa (PB) aplica a primeira dose no público a partir de 12 anos e a segunda em quem tomou a CoronaVac há mais de 28 dias, a AstraZeneca há três meses ou mais e a Pfizer há 60 dias.

A dose de reforço será disponibilizada para o público acima de 18 anos e trabalhadores da saúde, desde que tenham cumprido quatro meses da segunda dose, e para os imunossuprimidos que concluíram o esquema vacinal há pelo menos 28 dias. Todos devem agendar a aplicação pelo aplicativo Vacina João Pessoa ou site vacina.joaopessoa.pb.gov.br. Confira os pontos de vacinação e seus horários de funcionamento neste link.

Florianópolis

A Prefeitura de Florianópolis aplica a dose de reforço em imunossuprimidos que receberam a segunda dose até 5 de dezembro, bem como em qualquer adulto que tenha concluído o esquema vacinal até 2 de setembro. O reforço da Janssen é oferecido a quem recebeu a primeira dose do mesmo imunizante há pelo menos dois meses.

A segunda dose continua sendo aplicada nos públicos elegíveis, bem como a primeira em todos a partir de 12 anos que ainda não se imunizaram.

Últimas