Dois são presos e um morre em ação da polícia em Taboão da Serra (SP)

De acordo com a Polícia Civil, suspeitos tentaram roubar uma Mitsubish L-200 e, quando viram os policiais, tentaram fugir, em Taboão da Serra

Suspeito foi morto próximo de DP em Taboão da Serra

Suspeito foi morto próximo de DP em Taboão da Serra

Reprodução/Google Street View/24.10.2019

Um suspeito morreu durante uma troca de tiros com policiais do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos), no Parque Santos Dumont, em Taboão da Serra (Grande São Paulo), na noite desta quarta-feira (23). Outros dois homens foram presos.

De acordo com as investigações, policiais do Garra viram dois homens tentando roubar um veículo modelo Mitsubish L-200 na região central do município, próximo à um hipermercado Extra.

Leia também: Quase metade das perseguições da PM de SP termina em morte

Ao perceber a presença policial, os dois suspeitos teriam tentado fugir. Segundo a polícia, houve uma perseguição e troca de tiros. Os homens entraram em um carro Fiat Uno cinza, onde estava um terceiro suspeito dirigindo e seguiram em direção ao 1° Distrito de Taboão.

Durante a fuga, o carro ocupado pelos suspeitos colidiu contra outros dois veículos, que estavam estacionados na via. Os três homens desembarcaram do carro, abandonaram os coletes a prova de balas, para facilitar a corrida, e fugiram.

Durante buscas pela região, um homem foi encontrado morto por disparos de arma de fogo e Evandro Gomes foi detido, acusado de participar no roubo.

Posteriormente, outro homem se apresentou na delegacia como proprietário do Fiat Uno, dizendo à polícia que havia sido roubado. Entretanto, após desconfiança dos agentes, ele confessou ter emprestado o carro para participação no roubo e que receberia dinheiro para isso. Ele também foi detido.

A polícia acredita que os bandidos iriam roubar o veículo para cometer outros crimes pela região.

Além dos coletes dos criminosos, foram apreendidos um revólver calibre ponto 38 municiado, várias munições deflagradas no interior do Fiat Uno e celulares. As armas dos policiais também foram apreendidas e serão periciadas pelo Instituto de Criminalística.

Outro homem foi preso em flagrante por roubo tentado, organização criminosa e tentativa de homicídio funcional contra os policiais. O dono do Fiat Uno foi preso em flagrante por organização criminosa e roubo tentado.

O caso foi registrado como roubo de veículo, organização criminosa, morte decorrente de intervenção policial e tentativa de homicídio contra autoridade na Dise — Delegacia Seccional de Taboão da Serra.

*Estagiária com supervisão de Ingrid Alfaya