São Paulo Educadores fazem manifestação contra aulas presenciais em SP

Educadores fazem manifestação contra aulas presenciais em SP

Classe está em greve e realiza ato em busca de protocolos seguros contra a covid-19 antes do retorno, previsto para dia 15

  • São Paulo | Letícia Assis, da Agência Record

Profissionais protestaram em frente à Secretaria Municipal de Educação

Profissionais protestaram em frente à Secretaria Municipal de Educação

Divulgação/ Agência Record

Profissionais da educação municipal realizaram uma carreata contra o retorno às aulas presenciais na cidade de São Paulo. Os manifestantes se concentraram na rua Borges Lagoa, na Vila Clementino, na zona sul, na manhã desta quarta-feira (10). A categoria também está em greve.

De acordo com o Sindsep (Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Município de São Paulo), o ato aconteceu em frente à Secretaria Municipal de Educação, e envolveu profissionais da educação que reivindicam o trabalho remoto para os colaboradores até ser restabelecida a segurança sanitária para o retorno presencial nas escolas. 

Segundo a Polícia Militar, a corporação recebeu informações sobre o protesto e equipes foram encaminhadas ao local, por volta das 10h desta quarta-feira.

Ainda de acordo com a corporação, a manifestação na zona sul seguiu pacificamente.

Últimas