São Paulo Em dias de baixa umidade em São Paulo, saiba como se proteger

Em dias de baixa umidade em São Paulo, saiba como se proteger

Tempo seco que predomina na capital pode provocar problemas de saúde, como complicações alérgicas e respiratórias

São Paulo pode ter a umidade relativa do ar abaixo dos 20%

São Paulo pode ter a umidade relativa do ar abaixo dos 20%

Reprodução/Clima Tempo - 18.08.2021

O estado de São Paulo pode ter a umidade relativa do ar abaixo dos 20% nos próximos dias, deixando toda a região em situação de alerta, já que esses resultados durante o inverno podem prejudicar a saúde.

Entre os problemas que a baixa umidade do ar pode trazer estão as complicações alérgicas e respiratórias, sangramento no nariz, ressecamento de pele, irritação dos olhos, entre outros.

Além disso, durante este período, há aumento do perigo de incêndios em matas e florestas, crise hídrica em virtude da diminuição dos reservatórios e rios e pode acontecer também falta de energia elétrica, pois, no Brasil, grande parte da eletricidade é produzida por usinas hidrelétricas.

Com a chegada do calor intenso em todo o estado, o aconselhável é economizar água e fazer uso consciente de energia elétrica.

Como prevenir os problemas de saúde durante este período

Além da baixa umidade do ar, a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) registrou, na última sexta-feira (20), uma piora na qualidade do ar, com altos índices de poluentes.

Por isso, o melhor a se fazer para prevenir os problemas de saúde que podem ser ocasionados devido à esses fatores é:

- Se hidratar;
- Usar soro fisiológico nos olhos e narinas,
- Evitar objetos que acumulem poeira, como tapetes, cortinas, pelúcias etc;
- Umidificar o ambiente usando vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com águas, etc;
- Evitar exercícios físicos entre 11h e 15h.

*Estagiária sob supervisão de Ingrid Alfaya

Últimas