São Paulo Em Embú das Artes (SP), famílias atingidas por desabamento recebem roupas, mantimentos e água

Em Embú das Artes (SP), famílias atingidas por desabamento recebem roupas, mantimentos e água

Voluntários do Unisocial também apoiam socorristas que trabalham no local

  • São Paulo | Do R7

Voluntários do Unisocial ajudam famílias vítimas de deslizamento em Embú das Artes (SP)

Voluntários do Unisocial ajudam famílias vítimas de deslizamento em Embú das Artes (SP)

Divulgação

Desde quarta-feira (30), voluntários do Unisocial -- programa social mantido pela Igreja Universal do Reino de Deus -- auxiliam as famílias atingidas, e também os bombeiros e osagentes da Defesa Civil que trabalham no socorro às vítimas de um deslizamento de terra em Embu das Artes, município da região metropolitana de São Paulo. Segundo as autoridades, a tragédia, ocasionada por um temporal, provocou a morte de sete pessoas.

O desastre foi decorrência do desabamento de uma casa que atingiu outras três residências próximas, na noite do dia 29. De acordo com a Imprensa, cerca de 40 habitações foram interditadas, e seis delas podem desabar.

"É justamente nesses momentos difíceis que vemos a importância da união. Essa tem sido
a força do Unisocial: a união de voluntários e doadores, que não medem esforços para
ajudar. Lamentamos as perdas das famílias, materiais e, principalmente, pelas vidas que
são irreparáveis”, avalia Rondineli Silva, responsável pelo Unisocial.

Roupas, mantimentos e água foram arrecadados

Roupas, mantimentos e água foram arrecadados

Divulgação

A voluntária Joelma Rodrigues Mesquita, de 35 anos, relata que chegou ao local da tragédia
por volta das 7h. “Eu me deparei com gente chorando, ferida, com fome e sede. Procuramos ajudar de imediato. Embora seja um momento lamentável, estou feliz em poder ter ajudado essas pessoas. Auxiliar o próximo não tem preço”.

Até agora, o Unisocial já arrecadou e doou 1,3 mil peças de roupas, 1,5 tonelada de mantimentos e 4,5 mil litros de água. Os lanches e o café oferecidos pelos voluntários também ajudam os socorristas a manterem as forças para atuar em uma situação tão adversa.

"Acordei com minha esposa me empurrando, me chamando, e muitos gritos do lado de fora. Foi só o tempo de sair e veio o deslizamento com as árvores, que levou nossa casa, com tudo que nós tínhamos”, lembra Gilson Inácio Menezes, morador de uma das casas atingidas.

Socorristas receberam apoio do Unisocial

Socorristas receberam apoio do Unisocial

Divulgação

“Agradecemos a todos pelas doações que recebemos e pelo empenho dos voluntários do Unisocial, aos bombeiros e todos que ajudaram. Muito obrigado por tudo", reconheceu.

Últimas