São Paulo Empresário achado morto em rio é 6ª vítima de tempestade de poeira

Empresário achado morto em rio é 6ª vítima de tempestade de poeira

Valdir Greter foi surpreendido por fortes ventos enquanto pescava no Rio Paraná, em SP. Corpo foi encontrado pelo genro

  • São Paulo | Do R7

Valdir Greter, empresário atingido por tempestade enquanto pescava no Rio Paraná

Valdir Greter, empresário atingido por tempestade enquanto pescava no Rio Paraná

Reprodução/Instagram Fabiane Greter

O empresário Valdir Greter, de 68 anos, é a sexta pessoa encontrada morta em razão da tempestade de poeira ocorrida no oeste de São Paulo na última sexta-feira (1º). O corpo foi achado na manhã de terça-feira (5), em um afluente do Rio Paraná, pelo genro da vítima.

Dono de uma pousada em Presidente Epitácio, Greter tinha o costume de pescar no Rio Paraná. Ele estava no local quando começaram os fortes ventos, na última semana. O barco acabou virando, e o acompanhante conseguiu sobreviver.

O corpo foi avistado em um aguapezal na região do município de Brasilândia (MS). Com a confirmação do óbito de Greter, sobe para seis o número de vítimas da tempestade de poeira. Antes disso, já eram contabilizados três óbitos em um incêndio em Santo Antônio do Aracanguá, o de um homem atingido por um muro em Tupã e o de outro ferido por uma queda de árvore em Araçatuba.

A tempestade de areia é um fenômeno semelhante ao ocorrido em outras cidades do interior brasileiro, como Franca e Goiânia, nas últimas semanas. Segundo especialistas, ela está ligada a mudanças climáticas e ao desmatamento.

Últimas