São Paulo Empresário condenado por arrastar mulher até a morte é preso em SP

Empresário condenado por arrastar mulher até a morte é preso em SP

Pablo Russel Rocha estava foragido há 20 anos e foi capturado depois que policiais avistaram um carro com atitude suspeita em Taubaté

Selma Heloísa Artigas da Silva foi arrastada até a morte em 1998

Selma Heloísa Artigas da Silva foi arrastada até a morte em 1998

Reprodução Record TV

O empresário Pablo Russel Rocha, que era procurado por homicídio qualificado, foi preso nesta terça-feira (27) em Taubaté, no interior de São Paulo. Rocha foi condenado por arrastar uma garota de programa até a morte no dia 11 de setembro de 1998. As informações são da Record TV.

Veja também: Moradores registram 7 roubos por dia em bairro da zona norte de SP

O empresário estava foragido há 20 anos e foi capturado depois que policiais avistaram um carro com placa de Santa Catarina com atitude suspeita.

O crime

Em 2016, após 12 horas de julgamento, Pablo Russel Rocha foi condenado, em 1ª instância, a 24 anos de prisão em regime fechado pela morte de Selma Heloísa Artigas da Silva, conhecida como Nicole.

O júri culpou o empresário por arrastar Nicole por quase dois quilômetros, até a morte, presa ao cinto de segurança de sua caminhonete. Na época, Nicole tinha 21 anos. Um laudo do IML (Instituto Médico Legal) comprovou que ela estava grávida quando morreu.

Ele respondeu todo o processo em liberdade.